Voltar para a listagem de postagens

Conheça a Cerimônia das Almas no Laos e como você pode vivenciá-la do jeito certo!

Antes mesmo do sol nascer, todos os dias, faça chuva ou faça sol, feriados e finais de semana, uma tradição do século XIV sobrevive na cidade de Luang Prabang, no Laos.

Centenas de monges deixam seus templos e monastérios e seguem em profundo silêncio, com suas sacolinhas, pelas ruas da cidade. Nas beiradas das calçadas, centenas de pessoas também os esperam, ajoelhadas e concentradas.

Pelo caminho, os monges recebem doações da população para a única refeição que fazem no dia! As oferendas geralmente incluem arroz, frutas e doces.

Cerimônia das Almas em Luang Prabang

Muitos são apenas crianças, que os pais enviam aos monastérios para que possam ter a chance de uma educação melhor.

O ritual é lindo e uma tradição bonita, já que o povo budista compartilha tudo o que tem pelo bem de todos. Ao final, diversas crianças carentes da cidade se ajoelham, esperando que os monges redistribuam algo das doações e eles o fazem.

Como viver uma experiência verdadeira na Cerimônia das Almas

Pela internet encontramos muitos relatos, e com razão, de como a cerimônia tem sofrido com a presença de turistas que atrapalham a tradição com até certa falta de respeito pela religiosidade e pelo que o momento significa para aquele povo.

Por isso, a gente deixa aqui algumas dicas para que você possa vivenciar essa experiência da melhor forma possível:

  • Vivencie o ritual em silêncio
  • Faça uma oferenda apenas se isso tiver um significado para você e for feito de forma respeitosa
  • Compre as doações, como o arroz, nos mercados locais ao invés de comprar dos vendedores ambulantes que ficam no caminho dos monges.
  • Se você não quiser fazer uma oferenda, por favor, mantenha uma distância apropriada e se comporte respeitosamente. Não fique no caminho da procissão dos monges ou dos fiéis.
  • Não chegue muito perto dos monges para tirar fotos; flashes são perturbadores tanto para os monges quanto para as pessoas comuns.
  • Vista-se apropriadamente: ombros, colo e pernas devem estar cobertos.
  • Não tenha contato físico com os monges.
  • Ônibus são proibidos no centro de Luang Prabang e são extremamente perturbadores, então não siga a procissão em um ônibus – você ficará numa posição acima dos monges, o que no Laos é uma falta de respeito.

A Unitur é a empresa líder no Brasil em turismo religioso. Por isso, nossos grupos são orientados a aproveitar o melhor da experiência, sempre com muito respeito e amor pela cultura do próximo.

Embarque com a gente para conhecer o Sudeste Asiático!

 

12 curiosidades para querer chegar bem pertinho do Cristo Redentor!

Tudo começou com o padre lazarista francês Pierre-Marie Boss, no ano de 1859, quando expressou o seu sonho de construir um monumento no alto do Monte Corcovado, no Rio de Janeiro. Em 1921, foi aberta uma disputa entre projetos e o vencedor foi o engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa com o Cristo Redentor.  O […]

Leia mais

Santiago: história, natureza e gastronomia na capital chilena

Uma capital que tem como moldura a Cordilheira dos Andes. Já desde o avião é possível avistá-la, branquinha, imensa, dando as boas vindas aos seus visitantes. E a beleza de Santiago do Chile continua em terra firme e também continua com a presença, quase como pintura, da Cordilheira em sua paisagem. A cidade tem o […]

Leia mais

5 motivos (bem coloridos!) para conhecer Cartagena, na Colômbia

Um refúgio de arquitetura colonial, com monumentos, igrejas, praças charmosas e um povo caloroso, Cartagena é um reduto de cores e cultura que encanta seus visitantes. A cidade é famosa por suas muralhas, com 11 km de extensão, construída para proteger a região dos piratas, já que era uma importante rota para o transporte de […]

Leia mais

Vivências

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades!