Central de atendimento
+55 (51) 3272.3388
WhatsApp
+55 (51) 98183.9051

Cotação Grupos
Atualizado em 14/07/2020 Dolar R$ 5,59
Euro R$ 6,38

BLOG

de ,
Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Conheça a história de 5 milagres eucarísticos

A celebração de Corpus Christi é uma das mais importantes da Igreja Católica. Acontece anualmente na quinta-feira posterior ao domingo da Santíssima Trindade e fica marcada, ao redor do mundo, por procissões através de ruas e avenidas em homenagem à Eucaristia. Aqui no Brasil, assim como em Portugal, Corpus Christi também tem como simbolismo, além das caminhadas de fiéis, a manufatura de belíssimos tapetes coloridos com flores, terra, sal ou serragem, espalhados pelos locais de procissão.

É justamente do sacrifício de Jesus no Calvário e da busca por comprovar a verdade presente na doutrina cristã que surgem os milagres eucarísticos ou mistérios eucarísticos. Registrados em diversos países desde os primórdios da Igreja Católica, os mistérios da eucaristia são manifestações impossíveis de ser explicadas e acontecimentos sobrenaturais nas vidas de sacerdotes e devotos. Até hoje, foram constatados mais de uma centena de mistério eucarísticos e os locais nos quais eles aconteceram se tornaram, então, sagrados e bastante procurados por quem pratica o turismo religioso. A maioria dos milagres ocorreu na Itália, mas também há registros de milagres na Áustria, Bélgica, Colômbia, Croácia, no Egito, na França, Alemanha, Índia, Holanda, Peru, México, Argentina, Venezuela, Polônia, Portugal, Espanha e Suíça.

Conheça melhor alguns dos principais locais dos mistérios eucarísticos:

Lanciano, Itália

O milagre eucarístico do sangue do coração de Cristo que aconteceu em Lanciano, na Itália, é datado do ano 700 d.C. e continua bastante famoso. Um monge celebra uma missa e realiza uma consagração. Depois disso, conta a tradição que hóstia e vinho se transformam em carne e sangue. Ambos são depositados no cálice da Igreja e permanecem nele até passarem por análises científicas que constataram:

🙏 as fibras da carne indicam que esta pertencia a um miocárdio;

🙏 não havia indícios de lesões ou cortes na carne do cálice;

🙏 o sangue da carne seria tipo “A” e o do vinho tipo “AB”, sangue comum aos judeus e identificado localizado, também, no Santo Sudário;

🙏 a carne do cálice era antiga, mas não tinha sinais de alterações em suas substâncias, putrefação ou problemas com preservação.

 

Orvieto, Itália

Este é mais um entre as dezenas de mistérios eucarísticos registrados na Itália e se diferencia por ser diretamente ligado à celebração de Corpus Christi. O milagre de Orvieto – da consagração – ocorreu durante a celebração de uma Santa Missa, nos primeiros anos do século XIII: gotas de sangue caíram da hóstia consagrada pelo padre durante a missa. O sangue pingou no local onde estava o cálice e, até hoje, está exposto na exuberante Catedral de Orvieto, que merece ser visitada.

 

 

Santarém, Portugal

A cidade portuguesa registra um mistério eucarístico em dose dupla, com acontecimentos datados de 1.247 e 1.340, mais de cem anos depois. Uma mulher que vivia no local, chamada Elvira, estava cansada de ser mal tratada e traída pelo marido e buscou pela ajuda de uma bruxa judia, que garantiu resolver o problema desde que paga com uma hóstia consagrada. Para conseguir a hóstia, Elvira fingiu estar doente. Ao recebê-la do padre, guardou-a nas dobras de seu véu. Em questão de segundos, percebeu que a hóstia sangrava. Ficou preocupada e assustada e correu para a casa onde morava com o marido, guardando a sagrada comunhão junto ao véu, em uma arca de cedro. Na mesma noite, Elvira e o marido foram acordados por anjos que adoravam a hóstia consagrada, sangrando entre o véu, guardada na arca. O casal se arrependeu, ela por fingir doença e buscar a bruxa e ele por traí-la e maltratá-la; ambos se converteram e a hóstia foi devolvida à igreja.

Igrejinha do Milagre em Santarém

Armazenada em um relicário feito com cera derretida de abelhas, a hóstia sangrou por mais três dias. Ficou intocada até 1340, ano em que sacerdotes descobriram que a comunhão tinha sido envolta em um cristal de sangue: manchas de sangue que pingaram à época se cristalizaram e se solidificaram junto à cera do relicário. A relíquia do Santíssimo Milagre é conservada até hoje e pode ser visitada por quem estiver na cidade.

Tumaco, Colômbia

Diferente da maioria dos milagres eucarísticos, o que aconteceu em Tumaco, na Colômbia, no começo do século XX, mostrou a influência da eucaristia na suspensão do que seria uma grande catástrofe. Depois que um terremoto atingiu a pequena ilha, moradores assustados correram para a igreja local, desejando iniciar uma procissão. Enquanto isso, um tsunami se formava e uma parede de água já encobria parte da praia. O padre responsável pela paróquia decidiu, então, consumir todas as hóstias consagradas e guardar somente a Hóstia Magna. Em seguida, convocou os fiéis para caminharem até a praia, pois estava sob a presença de Jesus Eucarístico. À frente da população de Tumaco, o padre teria se aproximado da grande onda que se formava, segurando seu ostentório e com o coração tomado pela fé. Em poucos segundos, a água diminuiu e o tsunami retrocedeu. Atualmente, a ilha é um porto importante e também vive da pesca e da agricultura, visitada por religiosos e também por quem deseja apreciar a sua bela visão do Oceano Pacífico.

 

Buenos Aires, Argentina

O milagre eucarístico de Buenos Aires é bastante recente e chama a atenção por ter sido registrado em fotos e relatos profissionais para que não se perdesse no tempo. Aconteceu em 1996. Uma hóstia teria sido encontrada por uma fiel ao final da distribuição da Sagrada Comunhão em uma igreja no centro comercial de Buenos Aires. Estava descartada em um candelabro. O descarte foi comunicado ao padre responsável pela missa, que encontrou a comunhão e a armazenou em uma tigela com água, esperando sua dissolução. Passado um dia, ao verificar a hóstia, o sacerdote percebeu que, em seu lugar, havia uma substância com sangue.

A substância ficou, durante anos, guardada em segredo. Afinal, era suposto que ela iria se decompor. Mas nada aconteceu. Por isso, o então Cardeal Jorge Bergoglio, hoje Papa Francisco, decidiu enviar o tecido para análises científicas. Ele não mencionou aos pesquisadores que a substância poderia ser parte de um milagre eucarístico, revelando a surpresa somente depois da análise. O que mostraram os estudos da carne encontrada na igreja de Buenos Aires? Que o tecido pertencia ao ventrículo esquerdo do coração de alguém com cerca de 30 anos, cujo sangue era tipo AB e que teria sofrido muito antes de morrer.

A Unitur é uma agência de viagens especializada em turismo religioso. Quer conhecer estes lugares? Entre em contato e descubra o roteiro perfeito para uma viagem de fé e descobertas.