Central de atendimento
+55 (51) 3272.3388
WhatsApp
+55 (51) 98183.9051

Cotação Grupos
Atualizado em 07/08/2020 Dolar R$ 5,58
Euro R$ 6,60

BLOG

de ,
Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Éfeso, a cidade da casa de Maria e de ruínas milenares

Éfeso foi considerada uma das cidades mais importantes do mundo antigo Mediterrâneo. Durante o Império Romano só perdia para Roma como centro comercial e cultural. Passou pelo domínio de persas, egípcios e romanos e sempre foi muito cobiçada por seu porto estratégico no Mar Egeu.

Hoje, suas ruínas são as mais preservadas da Turquia e é considerada Patrimônio da Humanidade, pela Unesco.

Caminhar pela cidade significa uma verdadeira viagem no tempo pelo dia a dia da população antiga. É possível observar locais de banho, teatros, ginásios, igrejas, casas, biblioteca, bordel, latrinas, ágora comercial e um sistema muito avançado de aquedutos para a época.

Embarque com a Unitur para conhecer os principais pontos de interesse em Éfeso.

Casa de Maria

Casa de Maria, nos arredores de Éfeso

Um pequeno casebre a 9km da cidade é um dos lugares mais visitados pelos cristãos que vão a Éfeso. Acredita-se que ali a Virgem Maria teria vivido seus últimos anos, levada por São João, após a crucificação de Jesus.

Como as igrejas eram apenas construídas onde haviam mártires ou santos e a igreja em Éfeso era a única atribuída a Maria, a devoção e a fé neste lugar são enormes!

A casa tem apenas dois pequenos cômodos, com um altar e velas para que os visitantes façam suas orações. Do lado de fora, há uma fonte de água que muitos acreditam ter propriedades milagrosas, por isso, muitos turistas aproveitam para encher suas garrafinhas de água. Há ainda um muro onde depositam seus pedidos e agradecimentos à Maria.

O Grande Teatro

Anfiteatro romano em Éfeso

O anfiteatro da época romana abrigava até 24 mil pessoas e até hoje tem uma acústica incrível. A estrutura mais antiga data de 3 a.C.

Inicialmente usado para peças de teatro, depois também serviu como arena para combate de gladiadores e cemitério para esses combatentes.

Biblioteca de Celso

Biblioteca de Celso, em Éfeso

Essa magnífica construção foi finalizada em 110 d.C, em memória do governador do Império Romano Tiberius Julius Celsus Polemaeanus que, inclusive, está enterrado lá. Estima-se que a Biblioteca tenha cerca de 12 mil pergaminhos guardados. É grandiosa e visível de todos os pontos de Éfeso. 

Templo de Artemis

Coluna do Templo de Artemis

Em Éfeso também é possível visitar a única coluna que restou do Templo de Artemis, uma das sete maravilhas do mundo antigo. Foi descoberta durante escavações em 1869. A primeira versão do templo, que foi construída no século 9 a.C era pequena e feita de pedra. Mas ao longo dos anos foi reconstruído sete vezes e ganhou mais de 100 colunas, além de um aspecto esplendoroso!

Casas da encosta

Éfeso também reserva a curiosidade de ainda manter duas casas de nobres que ficavam em frente ao Templo de Adriano. As casas são ornadas com pinturas, mosaicos e banhos privados. As paredes são decoradas com afrescos e representações mitológicas.

Gostou? Éfeso com certeza é uma daquelas cidades que agregam muita cultura e histórias na bagagem da viagem! 

Vem com a Unitur!