Voltar para a listagem de postagens

No dia de Madre Teresa de Calcutá, conheça 5 fatos curiosos sobre a Santa

Nascida em Skopje, atual Macedônia, Madre Teresa recebeu, em homenagem, o nome de Madre Teresa de Calcutá, a cidade indiana onde faleceu em 5 de setembro de 1997. A santa foi uma missionária católica que marcou o mundo como  na luta pelos pobres e doentes. Pelo seu trabalho, foi condecorada e premiada ao longo de toda a vida, recebendo, merecidamente, o Nobel da Paz em 1979.

O dia 5 de setembro marca a festa litúrgica que homenageia Madre Teresa de Calcutá e, pensando nesta data, trouxemos para você 5 fatos interessantes sobre ela. Conheça-os:

1- A Índia: o país da missão da Santa dos pobres e doentes

Antes de se tornar missionária, a madre se chamava Agnes Gonxha, que em português significa “botão de rosa” ou “pequena flor”. Ela foi batizada como Teresa na Índia, onde deu início ao seu trabalho humanitário e, também, onde foi sepultada.

Em 1947, mudou-se para um bairro pobre de Calcutá, onde estabeleceu sua primeira escola e fundou a Congregação das Missionárias da Caridade em 1950. Dois anos depois inaugurou uma casa para moribundos e, em 1953, o seu primeiro orfanato.

2- Da Índia para o mundo

A primeira obra de caridade de Madre Teresa fora da Índia foi aberta na Venezuela. O trabalho missionário se expandiu para mais de uma centena de países, até mesmo Cuba e União Soviética. A congregação da Santa foi a primeira a conseguir atuar no território que hoje é a Rússia, fixando-se na região em meados da década de 1990.

3- Amigos dignos de calçada da fama, assim como a própria Madre Teresa

A madre tinha um grupo de amigos bastante exclusivos. Era próxima, por exemplo, da Princesa Diana, já que ambas compartilhavam grande interesse no trabalho humanitário. Também era aconselhada e admirada por João Paulo II, pároco que a beatificou em 2003.

Em 1986, quase vinte anos antes de sua beatificação, Madre Teresa recebeu o Papa no lar em que vivia e atendia aos pobres e doentes. A data ficou marcada como um dos dias mais felizes da vida da Santa, que acreditava que o toque do papa era “o toque de Cristo”. 

madre teresa de calcutá

Madre Teresa e João Paulo II

 

4- Converter-se era tornar-se alguém melhor

Madre Teresa acreditava que converter alguém significava transformá-lo(a) em um ser humano melhor. Ainda assim, defendia e assegurava a liberdade de crença aos doentes que atendia. Quando uma pessoa morria, ela e suas irmãs da Congregação realizavam os rituais fúnebres de acordo com as crenças do próprio paciente.

5- Novena de emergência: uma criação registrada em nome da Madre

Como Madre Teresa lidava frequentemente com muitos problemas e, em diversos momentos enfrentava vários deles de uma só vez, ela desenvolveu uma maneira rápida de invocar a intercessão da Virgem Maria, que ficou conhecida como “novena de emergência”.

Os princípios e as obras de Madre Teresa de Calcutá permanecem vivos ao redor do mundo, defendidos por milhares de missionários. O turismo, inclusive o religioso, é uma das principais atividades destes lugares, onde está perpetuado o trabalho da santa, assim como em Calcutá, uma das maiores cidades indianas e considerada a capital cultural do país.

Muita gente não sabe, mas existe a possibilidade viajar também para a cidade natal de Madre Teresa, Skopje (atual Macedônia). A região é repleta de curiosidades sobre a vida da santa, sua família e sua infância; e muitos dos pontos turísticos visitados por lá retratam com clareza as razões pelas quais Madre Teresa passou a se interessar por missões humanitárias.

Embarque com a Unitur para conhecer os principais locais da história de Madre Teresa de Calcultá! 


Santuário de Fátima em Portugal: como ir, o que fazer, quando visitar

A pequena cidade de Fátima, em Portugal, a apenas 1h30 de Lisboa é um dos maiores destinos de peregrinação do mundo. Ali, conta a história, três pastorinhos viram por mais de uma vez a imagem de Nossa Senhora no ano de 1917. (Ver história das aparições no final do texto).  Desde então, passou a receber […]

Leia mais

A robusta e encantadora Ponte das Correntes em Budapeste

Já pensou em conhecer Budapeste? Uma das atrações da cidade é a Ponte das Correntes, uma obra de engenharia de mais de 150 anos que impressiona e encanta os turistas. História e curiosidades da Ponte das Correntes No início do século XIX, a população de Buda e de Peste, na Hugria, dependia das condições do […]

Leia mais

10 destinos para glamping no Brasil. Acampe com conforto!

Glamping: uma união das palavras glamour e camping, usada ao redor de todo o mundo para identificar locais aos quais é possível viajar para ter contato com a natureza e viver de forma “mais rústica” sem que charme e conforto sejam deixados de lado. Uma viagem ao estilo glamping pode ser feita por alguém que […]

Leia mais

Vivências

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades!