Central de atendimento
+55 (51) 3272.3388
WhatsApp
+55 (51) 98183.9051

Cotação-Grupos
Atualizado em 24/06/2019 Dolar R$ 4,00
Euro R$ 4,57

BLOG

de ,
Compartilhe
FacebookTwitterEmail

Santiago: história, natureza e gastronomia na capital chilena

Uma capital que tem como moldura a Cordilheira dos Andes. Já desde o avião é possível avistá-la, branquinha, imensa, dando as boas vindas aos seus visitantes. E a beleza de Santiago do Chile continua em terra firme e também continua com a presença, quase como pintura, da Cordilheira em sua paisagem.

A cidade tem o seu destaque entre as capitais da América Latina. São perceptíveis aos turistas a limpeza, a arborização e o sistema de transporte eficientes. Sem contar com a riqueza cultural, natural e também gastronômica, afinal como não falar de suas vinícolas, que encantam logo na primeira visita.

Embarque com a Unitur para conhecer as maravilhas de Santiago!

Santiago por sua história e cultura

Um clássico passeio por Santiago começa por seus monumentos históricos.

A Plaza de Armas é quase sempre a escolhida para começar o tour. Nela estão alguns dos prédios históricos mais bonitos da cidade, como a Catedral Metropolitana, que vale uma visita interna, e o edifício dos Correios.

Por ali, vale se embrenhar pelas ruas da região, como pelo Paseo Ahumada e observar a arquitetura colonial.

Pelo centro histórico não dá para perder também o Palácio de La Moneda, sede da presidência e marco do golpe de 1973, que deu à Pinochet o governo do país. O Palácio também é muito visitado pela famosa troca da guarda que acontece em dias alternados, às 10h.

Outro passeio imperdível em se tratando de cultura em Santiago é a La Chascona, a famosa casa de Pablo Neruda, um dos lugares mais encantadores da capital. A arquitetura e a decoração são únicas e diferentes em cada cômodo. A casa é repleta de objetos com significados especiais sobre o poeta e sua vida. Para quem gosta minimamente de arte, vale uma visita! É demais!

Palácio de La Moneda, Santiago.

Santiago por seus parques

Passear por Santiago também significa conhecer seus dois principais cerros, ou seja, parques urbanos localizados em morros, com alguns atrativos de lazer. Um deles é o Cerro San Cristóbal agregado ao Parque Metropolitano. Suas principais atrações são o funicular e o teleférico, que levam até o cume, onde se pode apreciar uma vista bem bonita da cidade, com a Cordilheira ao fundo. Lá no alto também há uma imagem de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, padroeira da cidade.

Com jardins e muito verde, bem no meio da cidade, há também o Cerro Santa Lucía, com mais uma vista incrível da Cordilheira. Vale a pena um subida vagarosa, observando os jardins, monumentos, flora, ao mesmo tempo em que se aprecia a cidade.

Vista do Cerro San Cristobal

Santiago por sua gastronomia

Um ponto turístico para quem gosta de mergulhar nas peculiaridades da gastronomia local é o Mercado Central. Como qualquer mercado, há aquela variedade imensa de legumes, frutas, peixes, frutos do mar, artesanato. E é um dos pontos mais apreciados para provar a centolla, aquele caranguejo gigante, bem famoso na capital chilena.

Outra dica é visitar o Patio Bellavista, esse bem mais charmoso, com uma concentração de bons restaurantes, bares e lojinhas. Um lugar agradável e point de encontro de turistas.

Patio Bellavista

Vinícola Undurraga

E claro, não poderíamos deixar de citar os famosos passeios pelas vinícolas de Santiago. A mais famosa, portanto também a mais lotada é a Concha y Toro. Mas se você tiver a oportunidade, vale conhecer mais de uma. Uma dica em especial é a Undurraga, um pouco mais distante, mas localizada em uma área muito verde, com jardins lindíssimos, uma visita guiada bem mais tranquila e intimista. No tour VIP, o visitante pode provar vinhos raros e saborear uma mesa de frios de dar água na boca.

Quando ir a Santiago

A temperatura média da cidade é bem amena, com duas estações bem definidas: verão e inverno.

No verão, os dias são mais longos e os dias em Santiago podem ser combinados com visitas à Viña del Mar e Valparaíso, no inverno, mais curtos e podem ser bem frios, propiciando também visitas às diversas estações de esqui nos Andes. Os meses chuvosos vão de maio a setembro.

Embarque com a Unitur para conhecer Santiago!