Voltar para a listagem de postagens

Tudo o que você precisa saber sobre Jericoacoara (CE) e Delta do Parnaíba (PI)

Jericoacoara, no Ceará, e Delta do Parnaíba, no Piauí: dois dos lugares mais bonitos que você irá conhecer em toda a sua vida. Eles fazem parte, junto a outras praias dos dois estados e aos Lençóis Maranhenses, da chamada Rota das Emoções; e podem ser visitados separadamente, ou serem planejados em um mesmo roteiro turístico se houver tempo para todas as atrações. De um jeito ou de outro, são paradas essenciais na vida de qualquer turista!

 

O que fazer em Jericoacoara?

A Vila de Jericoacoara é dividida entre os lados Leste e Oeste. Tudo bem se você quiser decidir por conta própria qual irá conhecer primeiro, desde que visite os dois antes de ir embora.

No lado Leste da Vila, você aproveitará a Lagoa do Paraíso e a Lagoa Azul. E também passará pela Árvore da Preguiça, cenário perfeito de fotos que parecem pinturas. A Praia do Preá é outro ponto merecedor da visita, assim como a Duna do Pôr do Sol, que não recebeu esse nome à toa. E se gostar de trilha, vale a pena caminhar cerca de meia hora até a Pedra Furada.

Foto: Anderps – Wikimedia

Foto: “U L” – Wikimedia

Na visita ao lado Oeste de Jericoacoara, e às redondezas deste lado, haverá várias dunas e, se você quiser, poderá passear de buggy por elas. Por falar nelas, vale destacar: deste lado da Vila muita gente passa horas se divertindo no tobogã que está “instalado” sobre as dunas. Escorregar pela areia faz com que voltemos ao tempo em que éramos crianças e a melhor parte de toda essa diversão é que o trajeto termina em uma linda lagoa.

Outra opção de passeio para este lado, é uma rápida viagem de canoa que permitirá que você observe cavalos-marinhos no fundo do mar. A composição do cenário das fotografias fica por conta dos balanços na Trilha do Mangue Seco.

Deu fome? Almoce ou faça uma pausa para o lanche na Lagoa de Tatajuba. Lá você poderá relaxar em redes que ficam dentro da água.

Não deixe de conhecer o Delta do Parnaíba (Delta das Américas)!

O passeio por esse conjunto de canais deve ser feito de barco, é claro. Então, para conhecê-lo você poderá reservar um tour guiado em excursão com outras pessoas ou contratar um profissional que guiará somente a sua turma.

Os barcos que navegam pelo Delta saem do Porto do Tatu e ficam entre meio dia e um dia inteiro sobre as águas. Toda a viagem é encantadora e surpreendente, principalmente no que diz respeito à fauna e à flora da região.

Foto: MTur Destinos – Wikimedia

Nas paradas em terra firme, novas dunas: uma mais linda que a outra! As da Baía do Feijão Bravo, por exemplo, separam uma praia de mar de uma praia de rio. Fique por lá algum tempo e desfrute da paisagem! Aproveite o tempo fora do barco e atraia o interesse de quem estiver com você para uma refeição em um dos restaurantes típicos do percurso.

Ah, não deixe de acompanhar bem de pertinho a revoada dos guarás vermelhos. Essas aves brasileiras de cor avermelhada voando em bando são como uma cena de filme! Aliás, você sabia que elas vivem perto do rio porque são carnívoras? Se alimentam de insetos, caranguejos e caramujos. Curioso, não?

Embarque com a Unitur para conhecer essas e outras maravilhas do Brasil!


Tax Free: saiba como obter reembolso de impostos em compras no exterior

Você sabia que viajando enquanto turista tem direito ao reembolso de impostos locais ao comprar produtos no exterior? O Tax Free é um programa de reembolso global que garante ao turista a devolução dos valores referentes aos impostos locais, ou IVA (Imposto de Valor Agregado), na compra de produtos. E apenas produtos, o ressarcimento não […]

Leia mais

10 mulheres que fizeram história viajando!

Elas desbravaram o mundo com coragem, enfrentando os desafios de suas épocas, muita vezes incompreensíveis no mundo de hoje. Por seus feitos em viagens e explorações ao redor do globo, no Dia Internacional da Mulher, a Unitur deseja hoje homenagear 10 mulheres que realizaram grandes feitos viajando e estender essa homenagem a todas as nossas […]

Leia mais

Conheça a história e as curiosidades da majestosa Mesquita Azul em Istambul

Antes de falar propriamente da Mesquita Azul precisamos explicar que no Islamismo o número de minaretes, ou torres, de uma mesquita, é proporcional a sua importância. Muitos templos se contentam com um, dois ou até quatro deles. Mas no início do século XVII, o jovem sultão Ahmet, de apenas 19 anos, pediu ao arquiteto a […]

Leia mais

Vivências

Assine nossa Newsletter

Fique por dentro das nossas novidades!